CENTRAL DE MARCAÇÃO

4009-0061

Resultado de Exames

NOTÍCIAS

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS DA MEDRADIUS!

JULHO VERDE – Mês de atenção ao câncer de cabeça e pescoço

Dra. Andréa Tatiane O. da Silva Barros – Oncologista

Os cânceres de cabeça e pescoço podem surgir na cavidade oral (lábios, língua, assoalho da boca e palato – que se divide em mole e duro – mais conhecido como céu da boca), seios da face, faringe (nasofaringe - atrás da cavidade nasal, orofaringe - onde se encontra a amígdala e a base da língua, e hipofaringe - porção final da faringe, junto ao início do esôfago), laringe (supraglote, glote e subglote), glândulas salivares e tireóide.

Aqui no Brasil, se excluirmos o câncer de tireoide, podemos dizer que o câncer de cabeça e pescoço atinge mais aos homens que as mulheres, e os fatores de risco mais frequentemente associados incluem tabagismo, consumo de álcool, infecção por papiloma vírus humano (HPV).

As pessoas que usam tabaco e álcool têm maior risco de desenvolver esses cânceres principalmente quando associados, quanto mais prolongado e intenso for o uso de álcool e fumo, maior o risco, podendo apresentar um risco de 40 a 100 vezes maior de desenvolver a doença.

Embora as taxas mais altas de câncer de cabeça e pescoço estejam em homens mais velhos, a incidência tem aumentado em jovens não fumantes (com menos de 45 anos) devido ao HPV, que desempenha um papel cada vez mais importante no desenvolvimento do câncer de cabeça e pescoço na orofaringe.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), os cânceres de cabeça e pescoço são responsáveis por cerca de 41 mil novos casos de câncer a cada ano no país. Tem alto índice de mortalidade no Brasil, especialmente porque os pacientes já chegam para o tratamento com a doença em estágios avançados, com chances de cura em torno de 40%, enquanto a probabilidade em tumores precoces pode chegar a 90%. Por isso, o maior desafio é o diagnóstico precoce.

Os principais sintomas que devem ser observados são:

- Lesões (feridas) na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias, que podem apresentar sangramentos e estejam crescendo.

- Manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca ou bochechas

- Nódulos (caroços) no pescoço

- Rouquidão persistente

- Dificuldade de mastigação e de engolir

- Dificuldade na fala

- Dificuldade para movimentar a língua.

A melhor forma de evitar a doença é a prevenção: não fumar, não exagerar no consumo de bebida alcoólica, ter relações sexuais com o uso de preservativos e vacinar-se contra o HPV durante a infância.

Os principais tratamentos para o câncer de cabeça e pescoço são cirurgia, radioterapia e quimioterapia que podem ser usadas isoladamente ou combinadas a depender do estágio da doença e localização.